Por que a infecção urinária é mais comum nas mulheres?

Por que a infecção urinária é mais comum nas mulheres?

A explicação está no tamanho da uretra (canal por onde passa a urina). Nas mulheres, essa estrutura é curta, portanto muito mais próxima do ânus e da vagina, “portas” de entrada das bactérias que causam o problema.

Os homens estão bem mais protegidos, uma vez que a uretra masculina é até cinco vezes maior que a feminina. Os micróbios, portanto, não chegam à bexiga com facilidade.

Beber água é um hábito que ajuda – e muito a prevenir inflamações e infecções. A hidratação é importante para manter o aparelho ativo, com fluxo de urina normal e saudável.

Outra dica preciosa: preste atenção na cor da sua urina. Ela precisa ser clara. A coloração muito amarela indica falta de hidratação. Exceto em se tratando da primeira urina do dia,  mais escura em função um hormônio que secretamos durante a noite, que aumenta a absorção de água e a concentração do xixi.

Preste atenção ainda à presença de sangue na urina. Xixi avermelhado pode indicar não só infecções, como doenças hereditárias (como rins policísticos, por exemplo), pedras nos rins, doenças de próstata (caso dos homens), traumas ou mesmo tumores.

Por fim, capriche na higiene íntima – recomendação importante sobretudo às mulheres, que têm a vagina e o ânus muito próximos. Vale inclusive limpar a urina com papel higiênico e as fezes com o chuveirinho na hora de ir ao banheiro.

Deixe uma resposta

Fechar Menu