Otimizado para procedimentos complexos, Robô Da Vinci Xi chega ao Brasil

Otimizado para procedimentos complexos, Robô Da Vinci Xi chega ao Brasil

Acaba de chegar ao Brasil uma nova versão do robô da Vinci, o Xi, que tem mais recursos do que os modelos anteriores e é otimizado para oferecer ainda mais precisão em procedimentos complexos como a nefrectomia parcial dos rins e a prostatectomia.

A empresa Intuitive, responsável pelo desenvolvimento do robô utilizado em cirurgias minimamente invasivas há quase 20 anos vem, continuamente, melhorando seus robôs e os resultados se vêem nas cirurgias.

Embora o nome robô possa sugerir, para leigos, a substituição do médico na hora de operar, isso não acontece. O robô da Vinci, não é um sistema automatizado de cirurgia. Os movimentos são controlados de forma remota por um cirurgião humano.

A palavra remota, neste caso, quer dizer que o médico pode operar o sistema de qualquer lugar. Contudo, o mais comum é que o cirurgião fique sentado bem ao lado do paciente, realizando todo o processo bem perto dele.

O grande benefício do sistema Da Vinci, portanto, não é o potencial para acesso remoto. Acredito que a grande vantagem do robô seja permitir o uso de pequenas ferramentas robotizadas. Isso significa incisões bem menores, juntamente com melhorias visuais, que fornecem informações valiosas que os olhos não podem ter. Veja outros benefícios da cirurgia robótica.

As novidades e melhorias do Xi incluem:

  • O novo robô teve seus braços projetados de tal forma que é muito mais fácil encaixá-lo à mesa cirúrgica, permitindo o acesso ao paciente de praticamente qualquer posição.
  • Um novo endoscópio digital permite a digitalização da imagem com maior clareza e definição visual.
  • A capacidade de anexar o endoscópio para qualquer braço, fornecendo flexibilidade para a visualização do local cirúrgico.
  • Braços menores e mais finos, com novas articulações recentemente projetadas, oferecem uma maior amplitude de movimento.

Além disso, o sistema da Vinci Xi  foi construído para ser compatível com o Firefly (fluorescência Imaging System). Esta tecnologia é usada para fornecer ao cirurgião informações adicionais de imagem em uma variedade de procedimentos cirúrgicos, permitindo a visualização em tempo real e avaliação dos vasos, ductos biliares e perfusão do tecido.

Com todas as evoluções e ampliação do número de robôs disponíveis nos serviços de saúde, a cirurgia robótica cada vez mais, será incorporada às opções de tratamento.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu