Dois anos de cirurgia robótica em BH: O que temos a comemorar

Dois anos de cirurgia robótica em BH: O que temos a comemorar

Até o final de 2016, mais precisamente até setembro daquele ano, Minas Gerais viu o crescimento da cirurgia robótica acontecer em todo o país com um certo distanciamento. Sem equipamentos nos hospitais do estado e sem profissionais aptos a trabalhar com a técnica, os pacientes que queriam desfrutar dos benefícios da cirurgia robótica tiveram que fazer seus tratamentos, especialmente para o câncer de próstata e rim, em São Paulo.

Eu, inclusive, iniciei no uso da técnica operando meus pacientes no Hospital Albert Einstein, por mais de três anos: eu viajava com o paciente, fazia a cirurgia e, dois dias depois, retornávamos para Belo Horizonte, para continuar acompanhando a sua recuperação.

A partir de setembro de 2016, com a chegada da primeira plataforma robótica em Belo Horizonte, Minas entrou definitivamente no cenário nacional dos procedimentos robóticos, oferecendo aos pacientes daqui o que há de melhor, no Brasil e no mundo, em cirurgias urológicas.

Atualmente, existem três dessas plataformas na cidade e outras estão prestes a chegar para consolidar de vez a nossa presença nesta seara e, possivelmente, para elevar o estado à mesma posição dianteira que sempre ocupou no que diz respeito à oferta dos melhores tratamentos em urologia.

Temos, portanto, muito o que comemorar: como médico e cirurgião, estou tendo a oportunidade de oferecer o melhor para os meus pacientes e eles, por sua vez, podem se beneficiar de uma técnica que já se consolidou como opção extremamente segura e eficaz no tratamento do câncer de rim e de próstata.

Disponível no Brasil desde 2008, a cirurgia robótica oferece inúmeras vantagens. Visão tridimensional real, de alta definição, que permite ao cirurgião perceber pequenos detalhes da anatomia do paciente, garante maior precisão ao procedimento.

As pinças do equipamento garantem liberdade de movimentos, chegando em locais em que a mão humana tem dificuldade, especialmente no caso de cirurgias via pequenos orifícios, como as de próstata e de rim. Além disso, a cirurgia robótica permite ao cirurgião operar com conforto, garantindo melhor performance.

Resumindo, são vários os benefícios da robótica:

  • maior ergonomia ao cirurgião, levando a uma melhor performance
  • filtro dos tremores das mãos do médico
  • menos sangramento
  • menos infecções
  • menos dor no pós-operatório
  • menor trauma ao corpo
  • recuperação mais rápida

Bom, fora o reconhecimento crescente de todos esses benefícios que, por si sós, justificariam o crescimento do uso da técnica, outros fatores me levam a crer que a cirurgia robótica tende a se popularizar cada vez mais por aqui.

Um deles tem a ver com a quebra de patente do equipamento, hoje produzido pela empresa americana Intuitive, e que deve acontecer ainda no ano que vem. A possibilidade de que o equipamento seja produzido por outras empresas, sem dúvida, aumentará a concorrência, culminando com a consequente queda de custos dos robôs.

Com benefícios consolidados e equipamentos mais baratos, não tardará para que as operadoras de saúde também abram espaço para as cirurgias robóticas no seu rol de procedimentos.

No Brasil, os planos de saúde cobrem as cirurgias laparoscópicas, mas ainda não contemplam o uso da robótica. Recentemente, alguns convênios começaram a entender o benefício da tecnologia, como menor gasto com transfusões de sangue e menor período de internação, e começaram a cobrir parcialmente os custos do procedimento.

Alguns trabalhos também têm sugerido menor necessidade de complementar o tratamento do câncer de próstata com radioterapia após a prostatectomia robótica.

Na hora de fazer as contas e de indagar quanto custa uma cirurgia robótica, portanto, também é preciso ter em mente os altos custos financeiros e emocionais do tratamento das sequelas da cirurgia do câncer de próstata e lembrar que é possível reduzir todos esses custos com a utilização da tecnologia robótica.

Não há mais dúvidas quantos aos seus inúmeros benefícios para os pacientes. Em pouco tempo, hospitais e convênios também perceberão o quanto ela pode ser benéfica para sua saúde financeira. Mas esse é um assunto para um próximo post!

Deixe uma resposta

Fechar Menu